Trilha Guasap - Não Aguasap

Tudo começou na noite anterior ao dia da trilha quando fui para Itacimirim para ficar mais perto do local de encontro que seria em Guarajuba. Logo na viagem o cacau caiu sem piedade sem contar que já tinha chovido 7 dias sem parar, até sugerimos fazer a alteração do nome da trilha de GUASAP para ÁGUASAP OU LAMASAP kkkkkkkkkkkk
Acordei às 05:00 hrs e as 06:00 hrs eu e JP saímos de Itacimirim e fomos para Guarajuba já pedalando e esquentando o motor (9 km) kkkkkkk Chegamos lá estavam quase todos no ponto de encontro e Pai de família chegou logo depois. Bom partimos para a ÁGUASAP atravessamos Monte Gordo e seguimos rumo ao nosso destino que não era muito definido kkkkkkkkkkkk No meio do caminho encontramos umas 1000 placas informando sobre uma tal Prainha Cantinho do Pescador (Pense num Marketing forte kkkkkk) até que chegamos bem no trevo onde tinha a descida para o Cantinho do Pescador e perguntamos dois nativos da região e falaram que daria mais ou menos 6 km só a ida, fora a volta que seria pelo mesmo rastro, o espírito aventureiro do Mural falou mais alto e despertou o interesse de conhecer o tão divulgado Prainha Cantinho do Pescador. No Meio do Caminho uma parada para subir para a uma belíssima paisagem da Barragem STª Helena onde tivemos grande dificuldade de chegar mas valeu apena pois tiramos belíssimas fotos para o acervo do Mural.
Voltamos e continuamos rumo a Prainha que não chegava mais, atravessamos uma pequena vila de nome desconhecido e perguntamos sobre a prainha e lá vamos nós continuando com um só objetivo, chegar na prainha kkkkkkk Não foi preciso nem preciso perguntar sobre a localização pois a cada 5 metros tinha 10 placas kkkkkk Até que finalmente chegamos a tão esperada Prainha Cantinho do Pescador e com aquela belíssima paisagem as margens da enorme Barragem STª Helena com águas transparentes. Fomos recebidos pelo proprietário do local o gente fina Zé do Bico kkkkkkkk  Onde recebeu o Mural super bem com um excelente serviço e simpatia. Ficamos por lá curtindo um som e hidratando até que nos despedimos do Zé do Bico e tivemos que voltar e partimos. Na saída fizemos um mini perdidão para chegar às antenas e deparamos com um visual deslumbrante e pegamos uma descida do morro das antes de tirar o fôlego onde Ito se empolgou e já subiu outro e desceu rasgando pelo meio dos matos kkkkkkkkkkkkk Seguindo o caminho de volta no meio da estrada encontramos com um simpático macaquinho kkkkkkkkkkk que estava se debatendo todo preso no arame farpado pelo rabo, e o mural se juntou para bolar uma estratégia de regate do nosso amigo macaco kkkkkkkkkkkkkkkk Elsão tentou e nada, mas Ito com toda sua técnica conseguiu soltar a vítima e ele saiu a mil por hora pelo meio do mato com medo de ficar e virar um delicioso aperitivo ou um churrasquinho para os integrantes do grupo que ali estavam kkkkkkkkkkkk Super famintos.
Continuamos e chegamos até o inicio do desvio que fizemos para chegar na Prainha, onde totalizou 18,5 km que não estavam no roteiro e a trilha de Nível 3 já tinha virado Nível 4. Partimos rumo a porta dos fundos da Reserva Sapiranga e nada de chegar, as pernas foram acabando e nunca chegava, eu mesmo morri logo kkkkkkkkkkkk E fui na maciota se não, não aguentaria chegar e o grupo como sempre nota 1000 no companheirismo e a resenha sobrou para quem ??? Para o mais besta qui kkkkk. Até que depois de muito esforço, pelo menos da minha parte kkkk  chegamos ao Rio Pojuca onde tivemos que atravessar com as bikes na cabeça, até que todos conseguimos e entramos na Reserva Sapiranga, a umidade estava muito grande e tudo encharcado, só via bicicleta fazendo ‘’nheque nheque’’ kkkkkkkkk conseguimos atravessar a mata e no meio da reserva onde a barriga já estava colando nas costas de tanta fome, paramos na lanchonete e saboreamos um delicioso lanche, recuperamos as forças e continuamos até que chegamos na pista da BA099 rumo ao ponto de onde saímos em Guarajuba e eu e JP ficamos em nossas casas em Itacimirim. A Trilha de Nível 3 que deu exatamente 67 km =OOOO, estava parecendo Nivel 5, pois tudo isso foi na parte da manhã sem direito a almoço kkkkkkkkkkk Entre mortos e feridos todos nós chegamos bem \o/ E isso foi a ÀGUASAP. Boraaaaaaaa Muraaaaaaaaaaal. História por Dom.
CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIAR


























































































2 comentários:

João Paulo Ribeiro Junior disse...

Resenha Massa Dom, foi assim mesmo. Nível três que virou nivel 4. rrsrs massa. Bora Mural!

Carla Guimaraes Rios disse...

Shoow essa trilha, Elsao como sempre inovando os percursos. BMMP